quinta-feira, 21 de maio de 2009

Homens de fato.

Para quem não sabe, eu tenho uma queda muito grande por homens de fato. Adoro, adoro. Acho que qualquer homem fica bem de gravata. E então se for um fato todo preto e com camisa branca (tipo MIB) upa upa. Por isso já estão a imaginar que a faculdade foi um delírio.
Mas agora que aqui estou há outra espécie de homens de fato que me põe, vá, um bocadinho fora de mim. São os homens de fato com um capacete na mão. É que, caso nunca tenham vindo a Barça City, o que mais há aqui é motas, melhor, vespas e eu também tenho uma queda muito grande por vespas – desde miúda que andava a chatear toda a gente que queria uma mas nunca ninguém teve a decência de ma oferecer, nem o meu padrinho que tinha uma liiinda que tinha restaurado e tal mas entretanto espatifou-se com ela. Ora bem, por isto tudo, ver um homem de fato com um capacete na mão não é só e apenas ver um homem de fato com um capacete na mão. É imaginar um homem de fato numa vespa linda de morrer, os cabelos ao vento, o levantar o braço esquerdo para virar à esquerda quando o pisca não funciona… É imaginar ele pedir-me para subir na vespa para passearmos pela cidade, é eu abraça-lo o caminho todo para não cair… É imaginar o nosso casamento com uma concentração de vespas e eu sentar-me de lado (tal e qual faziam as meninas do antigamente quando subiam aos cavalos e levavam aqueles vestidos enoormes) enquanto ele conduzia rumo à nossa felicidade. Ai…ai… (é neste momento que o despertador toca).
Agora sim, tenho a certeza que o homem da minha vida não vai chegar no cavalo branco e vestido de príncipe/guerreiro ou coisa que o valha. Vai chegar de vespa, vestido de fato (se for durante a semana) ou de surfista (ao fim-de-semana) e vai-me fazer feliz para todo o sempre…



NOTA: Isto é mesmo um sonho e eu passo a explicar. Caso o encontre aqui em Barcelona, não pode ser surfista porque aqui o mar não faz ondas. Caso o encontre em Portugal, só com muita sorte é que ele tem uma vespa linda de morrer e anda de fato ao mesmo tempo. Porque homens de fato andam em carros que metem algum respeito. Sendo assim, pode-se concretizar apenas e só uma parte do sonho, nunca a sua totalidade. Ah, e o felizes para todo o sempre também é um bocadinho duvidoso. Vamos ver, minha gente, vamos ver.

4 comentários:

Sophia disse...

Espero que completes pelo menos metade do teu sonho :)

Beijinho *

(L)

Vera disse...

Concordo com a teoria. Homens de fato ficam tão giros... Também já os vi de mota em Madrid e concordo que conjuga na perfeição. :)

Pode ser que por cá encontres um que preencha os requisito e ande, pelo menos, de bicicleta! :)

Beijinho*

L. disse...

Bem... é de fato, trajados, fardados... ai ai

Agora fiquei aqui a imaginar o que descreves :P

beijinhos

Bunyssa* disse...

Hhhmmm...homens de fato, capacete na mão, vespa.. perfeito!! :)

Trrrrriiiiimmmm...wake up!!
(andas a ver mts séries/filmes, não andas!?) :p