quinta-feira, 11 de março de 2010

Carta XXXV

vivi-o...
sem ti presente e com a sensação de que já nada faz sentido.
para onde foste? porque me deixaste aqui...
sozinha...
sem o teu amor e o teu sorriso. sem os teus abraços e beijos que, passados nove anos, ainda me levavam a loucura. sem as palavras que só tu sabias dizer quando mais ninguém me compreendia...
porque partiste sem uma despedida, sem um último beijo e sem a promessa de que um dia nos encontraremos...
era contigo que queria estar. era contigo que queria passar o resto da minha vida...
e mesmo assim partiste...
cedo demais...e sem explicações...
não tivemos tempo para fazer tudo o que desejavamos, de viver como tantas vezes tinhamos planeado...
o que vai ser de mim agora?
que não posso viver o que quero e que não compreendo a tua partida...
será que não te amei o suficiente?
será que não lutei para que tudo corresse melhor...
ou será que era assim que estava escrito??
e como poderei ter sido capaz de te dizer que podias partir...
perdi a esperança??
ou terá sido o desespero de te ver a sofrer tanto??




______________________________
Obrigada! :)
 E quem quiser pode continuar a mandar cartas!

2 comentários:

Pi** disse...

oh...tão lindo..
parabens.. escreves muito bem..
foi a primeira vez que vim ao teu blog e simplesmente não resisti em comentar..
adorei mesmo... to a seguir..
beijinho**
coisasdepi.blogspot.com

OLHAR VAGABUNDO disse...

lindo...

beijo vagabundo