sexta-feira, 20 de abril de 2012

de como sempre fui muito boa a escolher os meus amigos.

- Fogo, já não saímos desde a viagem de finalistas. Isso foi praí há nove anos.
E depois é aquela sensação que temos quando estamos juntos de que nada mudou, somos iguais, só um bocadinho mais crescidos. É mesmo isso, somos exactamente os mesmo mas quase dez anos mais velhos e com mais historias para contar. E continuamos a ser uns adolescentes crónicos que queremos é diversão e fofoquices e saber de toda a gente. Dê o mundo as voltas que der, foi com eles que passei a primeira-melhor-semana da minha vida, que fiz francesinhas no meio do campismo para quinze pessoas quando era suposto fazer para cinco  e foi com eles que entrei a primeira vez num bar gay. Foi com eles que me estreei e pisei um palco para fazer de Matumbina, que andei pela primeira vez de avião e joguei râguebi na praia às quatro da manhã. E quando estou sentada na mesa do café com aquelas pessoas que já não via há imenso tempo, olho à minha volto e penso parece que foi tudo ontem. E é tão bom.

2 comentários:

Maggie disse...

que bom, é tão bom voltar a ver os amigos e voltar a encontrarmo-nos.

bjo
Maggie

Bo disse...

Mau, péssimo, é quando acontece o contrário, quando te encontras com amigos que te eram queridos e percebes que ali já não há nada... **