quinta-feira, 23 de junho de 2011

e também nunca disseste "baby, i love you".

Um dia disse-te que queria casar em Maio. E tu disseste que isso era uma estupidez porque toda a gente casa em Maio, todas as mulheres sonham casar em Maio e isso tornava-me uma mulher vulgar, sem ideias próprias. E foi a primeira vez que eu achei que eras um completo anormal, que não devias gostar assim tanto de mim e foi a primeira vez que te odiei. À séria. A partir desse dia odiei-te sempre mais um bocadinho. Era porque não gostavas da minha camisola, era porque tinha uma unha mal pintada, era porque aquela cor não me ficava bem, era porque o meu cabelo estava estranho, era porque eu falava demasiado com os meus amigos, era porque achava piada a pessoas que tu não gostavas, era por isto e por aquilo. E odiei-te. Muito. Tanto. Cada vez mais. Até que não aguentei e fui embora de ti de lágrimas nos olhos.
Hoje disseram-me que ias casar e a primeira pergunta foi - quando?
- Em Maio.
É(s) tão estúpido, não é(s)?
Ninguém nega sonhos a ninguém, sabes? E eu casaria em Dezembro até, se me pedisses. Mas tu eras apenas parvo e eu era apenas uma miúda que queria casar contigo, em Maio.




9 comentários:

Ana disse...

Parece que te livraste de um parvo! :D

Pat disse...

Parvalhão! Há realmente pessoas que não merecem a importância que tiveram nas nossas vidas!
Também tive sempre a ideia de casar em Maio ;)

Psualmente. disse...

Concordo com a Pat!!!!! Que sejam felizes lá no buraquinho deles!!! E afinal todo o "peixe" morre pela boca!!!! hehe!

One disse...

Estúpido mesmo,quem gosta assim não nega, eu não negava....infelizmente nem todos pensam como eu, vê o lado positivo ao menos livraste-te de uma peste.

Cat disse...

Ohh Lua! Como só tu sabes escrever...

Beijo*

Dina disse...

Gostei muito desde post ;)

Left disse...

Cada vez mais percebo que quando uma pessoa não é feita para a outra, nota-se isso "nos pequenos pormenores". Pena, que só nos apercebamos disso muito tarde...

Enfim, ele n era a tua metade, pelo que ainda bem q n casaste com ele :)

Psualmente. disse...

Mais vale tarde que nunca!! :-)
Nunca, significa uma vida inteira!!! Xica, Livra!!

Dizia hoje o Pedro Ribeiro na Comercial de manhã...que devemos ter um pé atrás da supostas "nossas" metades que não nos apresentam aos Pais e amigos!! Assino por baixo!! :-)

eueuemaiseu disse...

Que raiva que deves ter sentido... Eu sentiria, até há um tempo atrás.
Mas sabes, se ele não queria casar contigo em Maio e foi casar com outra no mesmo mês, é porque não era a pessoa certa para ti.
Há-de chegar;)
Gosto imenso da forma como escreves.
Um beijinho e muita sorte.