sábado, 23 de abril de 2011

Sabem o que quer dizer construir, conhecer, lutar, manter, regar, confiar cegamente e tempo, muito tempo?

A palavra amigos, tal como a palavra amor, está cada vez mais sobrevalorizada. Agora parece que toda a gente é amiga de toda a gente e toda a gente ama toda a gente no instante a seguir a trocar as primeiras palavras. Felizmente, eu tive de suar e chorar e foi preciso baba e ranho para ter o que tenho hoje com muitos amigos. E assim é que consigo senti-los como meus e ter a certeza que o futuro nunca poderá ser pior do que o passado e que, portanto, aconteça o que acontecer, o amor que nos une há-de durar sempre sempre sempe.

5 comentários:

Zé Carlos disse...

Ola "lua", concordo mais uma vez contigo e tenho até a sensação que cada vez mais vivemos numa época de amizades "virtuais", como no facebook, basta adicionar e passamos a ser os maiores amigos...
Acho que não deve ser assim, as amizades nascem, vão-se construindo e acima de tudo, vão-se alimentando. E tal como no amor, na amizade, "quem gosta, cuida, preocupa-se e procura estar presente" :-)
Uma boa Páscoa!

Sophia disse...

Concordo tanto contigo :)

Ghost Writer disse...

Evito amizades virtuais.

Tenho contatos virtuais, temos afinidades, algumas trocas de idéias interessantes, mas esta mania de "eu te amo" quando se acaba de adicionar uma pessoa aos seus contatos no facebook chega ao ridículo.

Amizade é algo muito maior do que meras palavras digitadas em um teclado.

http://escritoslisergicos.blogspot.com

Sérgio Sousa disse...

ADOROOOOO!!!! (:

lila disse...

Sempre ;) <3