quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

pareço demasiado desesperada, não pareço?

Sabem, pessoas, há dias muito estranhos e há dias que eu tenho medo de mim própria. Tipo hoje. Hoje acordei e decidi que estava farta de esperar. Esperar. Esperar. Esperar. Hoje, odeio esta palavra. Nem faz sentido. Digam muitas vezes. Não faz, pois não? Vou riscar do meu dicionário. Pronto, riscada. Quer dizer, só vou usar mais uma vez para perceberem: estou cansada de esperar por alguém. Pronto, já disse. É estúpido, eu sempre muito moralista, sempre a dizer:
oh, estou tão bem assim.
oh, Ele aparece quanto menos esperamos [fuck, usei-a outra vez].
oh, mais vale só que mal acompanhada.
Não. Não. Não. Hoje não queria. Hoje preferia mal acompanhada. Hoje preferia ter o coração a explodir. Hoje preferia não dormir só porque os meus sonhos iriam parecer demasiado reais. Hoje queria estar a morrer de saudades. Queria colo, beijos, abraços apertados e ferradelas e amor. Queria o meu final feliz, os meus pozinhos de felicidade. Hoje queria ter alguém do outro lado do meu telefone antes de ir dormir. Só isso: alguém.

18 comentários:

Let´s go away the very white side disse...

Não preciso de continuar a exprimir a minha opinião , pois não?

Pita*

Mysterious Girl disse...

às vezes também preciso disso, alguém. se isso é ser desesperada, adiciona aí outra à lista.

Pequenina* disse...

É por causa de posts cm estes que eu adoro o teu blogue!
Preciso dizer mais? =)***

Lisie disse...

sinto isso algumas vezes também. e hoje é um dia desses. escreveste exactamente o que sinto. :)

CAROL disse...

Luasinha nao precisas de ninguem para ser feliz. amanha e outro dia e vais ver que ser solteira e a coisa melhor do mundo!

cereais disse...

Espero bem que isso não signifique ser desesperada. Senão, podes adicionar-me à lista (e a muitas mais - de certeza).

Mas é verdade, às vezes é só preciso alguém.

Quanto a esse verbo horrível!
Também já eliminei do meu dicionário à algum tempo. Esperar, só se for pelo autocarro x)

Cathy Oh disse...

Não, Lua, não pareces de todo. Tem dias em que também me sinto assim: só.
Hoje também foi um desses dias. Acho que é só o nosso lado mais 'animal' a mostrar-nos que o ser humano nem sempre foi feito para estar sozinho. Isso, ou todas temos dias de maior carência. :P

***

Zé Carlos disse...

Oh...
Sem te conhecer (vou-te descobrindo apenas por aqui, pelo blog e apenas aquilo que revelas), identifiquei-me contigo das primeiras vezes que te li, voltei e continuo a voltar, porque gosto desta tua forma simples de ver e dizer as coisas :-)
Há dias assim, em que a sensação de vazio é enorme, em que o telemóvel não toca ou não recebe mensagens e em que nos sentimos esquecidos pelo mundo...

Este teu post, fez-me pensar num que escrevi há já bastante tempo: podes ver aqui

"Hoje queria um abraço. Um dos grandes, daqueles em que tudo à volta pode cair, sem sequer notarmos.
Hoje queria um sorriso. Um grande, daqueles teus, capaz de iluminar a sala e fazer desaparecer a chuva.
Hoje queria uma conversa. Uma das nossas, longas e sobre tudo, das que fazemos esgotar o cha do bule uma e outra e outra vez (...)"


E não, não é ser ou parecer desesperado, é sentir que a vida pode ser muito mais do que o que temos, no fundo é bom sinal (acho eu) é sinal que procuramos algo... não faz de ti ou de ninguém, uma pessoa desesperada ou carente, apenas alguém que procura algo mais do que o que tem :-)
Amanhã é outro dia ;-)

Bunyssa* disse...

...

já sabes o que penso...
não acrescentava mais nada. É mesmo isso!

Morah disse...

Acho que te percebo muito bem...

CoisasDaGaja disse...

Be careful what you wish for ;)

Beijo

Lua disse...

Sei bem o k isso é...Mas quando começares a ganhar o gosto de estar solteira, não ter k dar satisfaçoes a ninguém, fazer o k te dá vontade...aí sim...Vais ver a sorte k tens...
Bjinhos

M.LipGloss disse...

Gostei muito deste post!!! Por vezes tambem me sinto farta de estar só e apetece-me so por breves momentos ter alguem para me consolar..... e acho que esse dia mais cedo ou mais tarde vai chegar ;)

Beijinho com ternura :)

Pipoca dos Saltos Altos disse...

Todos temos alguns momentos em que precisameo de alguém, da voz de alguém...é humano caraças. Um beijinho grande para ti.

Merenwen disse...

Hoje é o meu dia de me sentir exactamente assim....hoje prefiro mal acompanhada a só...hoje ele está a demorar demasiado tempo para voltar e eu não tenho fé nenhuma

Su disse...

Tal e qual.. sem tirar nem pôr mais palavras! Há dias assim, e outros em que parece que não precisamos de mais ninguém.
Mas... um dia! ;)

Beijinho

Sofia disse...

oh luazinha, está tão bonito o texto... eu tb ando feita solteira inveterada e até gosto disso, gosto de fazer o que me apetece e acima de tudo com quem me apetece e não ter de dar satisfações a ninguém, mas às vezes... às vezes, eu tb só precisava de alguém do outro lado. Percebi-te tão bem... beijinho*

Sofia disse...

ah, levei para o meu blog, espero que não te importes*