sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

atenção: post a roçar o deprimente.

Eu nunca tive um namorado. Daqueles que, se as pessoas perguntassem, eu responderia firmemente sim, é meu namorado. Tive os meus boys, claro, quase-quase-namorados-mas-que-nunca-chegaram-a-ser. E nunca fui infeliz com isso. Sempre fui muito na onda do
ah e tal vamos ver no que isto dá,
ah e tal mais vale não nos comprometermos porque pode acabar mal e depois magoamo-nos mais.
Era estúpido porque magoou igual mas vá.
O que quero dizer com isto é que nunca utilizei a palavra amo-te com eles. Para mim não fazia sentido mesmo quando sabia que os amava. Eu queria guardá-la para alguém que, um dia, estivesse mesmo comigo, independentemente de tudo. Nunca lhes disse o quanto os amei e, se por um lado, acho isto muito giro porque, afinal, não deu mesmo em nada, por outro acho que é ridículo e triste não ter dito aquilo que realmente sentia mesmo que não fosse fazer grande diferença. Eles saberiam e isso, para mim, chegaria.
É das minhas palavras preferidas e agora digo-a, sem medo, às pessoas que amo de verdade. Porque só devemos dizê-la a quem sabemos que, por muito merda que aconteça, vai ficar. Não é dita muitas vezes para não banaliza-la mas as vezes suficientes para que Elas percebam o quanto são importantes e o quanto as quero comigo. Para todo o sempre.


14 comentários:

Mysterious Girl disse...

"Eu nunca tive um namorado. Daqueles que, se as pessoas perguntassem, eu responderia firmemente sim, é meu namorado. Tive os meus boys, claro, quase-quase-namorados-mas-que-nunca-chegaram-a-ser. E nunca fui infeliz com isso. Sempre fui muito na onda do
ah e tal vamos ver no que isto dá,
ah e tal mais vale não nos comprometermos porque pode acabar mal e depois magoamo-nos mais."

bolas Lua, eu também podia ter escrito isto...

Anónimo disse...

eu também nunca tive... e não me incomoda muito.. o que me incomoda mais é não estar com ele.. isto é, não quero uma relação, não quero uma pessoa qualquer, quero sim partilhar com ele isto que sinto, apenas, porque só assim faz sentido

Ta' disse...

Uma coisa que aprendi com o tempo foi a dizer amo-te a outras pessoas que não homens/namorados. E é tao bom amar os nossos amigos =)

Palco do tempo disse...

Acho que por vezes as pessoas banalizam a palavra "amo-te", acho que é uma palavra especial de mais que só deve ser dita a pessoas especiais... e que [in]felizmente temos poucas na vida...

Dé Carvalho disse...

Já foi aqui citado e volto a faze-lo uma vez que escreveste uma parte da minha vida

"Eu nunca tive um namorado. Daqueles que, se as pessoas perguntassem, eu responderia firmemente sim, é meu namorado. Tive os meus boys, claro, quase-quase-namorados-mas-que-nunca-chegaram-a-ser. E nunca fui infeliz com isso. Sempre fui muito na onda do
ah e tal vamos ver no que isto dá,
ah e tal mais vale não nos comprometermos porque pode acabar mal e depois magoamo-nos mais."

Ana disse...

Lá está uma palavra que também nunca disse e pensando bem não me lembro de alguém me ter pedido para namorar ou eu o ter feito...

CAROL disse...

tenho uma ideia para a tua rúbrica "right, i'm a kid" =P
ao assoar-me uma miúda nos seus dez anos disse-me:
"Olha! hoje nao ha circo!" iihiihihihihi
bom fim de semana *

CAROL disse...

Quanto ao post devias dizer agora! mais vale tarde qe nunca Lua! Devias dizer-lhes que tens pena q nao deu e qe nao resultou. e que os amaste e que queres q sejam felizes!
afinal o que é o amor?
tenho um poste giro. fica atenta ao meu blogue

mónica* disse...

também nunca tive um namorado a sério, e tal como tu, nunca deixei de ser feliz por isso:)

por outro lado, acho que nunca amei ninguém nesse sentido ...e isso sim preocupa-me.

Zé Carlos disse...

Nunca sabemos se é para sempre, mudamos todos os dias e ainda bem que assim acontece, mas nessas nossas mudanças os sentimentos por vezes mudam, as necessidades mudam, a visão que temos das coisas e das pessoas também muda...
Não te sintas mal, Lua, por guardares para ti o que sentes, tudo se conquista e trabalha, até a confiança e o à vontade para que as coisas aconteçam e sejam ditas naturalmente...
Certas palavras só devem ser ditas/escritas, se forem sentidas, de outra forma, serão apenas palavras! Até porque, há palavras que "custam a sair" :-)
Já cantavam os Clã, em Problema de Expressão : "

Devia ser como no cinema,
A língua inglesa fica sempre bem
E nunca atraiçoa ninguém.
(...)
E é tão difícil dizer amor,
É bem melhor dizê-lo a cantar.
(...)

Clã - Problemas de Expressão

Pipoca dos Saltos Altos disse...

Acho bem, não é uma palavra para se banalizar :)

Fi Montesinha disse...

Eu ja amei muitas vezes e amo todos os dias porque da para amar além desse amor mulher/homem... da para amar um dia de sol, um sorriso ou so alguem que hoje te fez sentir bem.. da para amares o teu trabalho ou simplesmente (embora as vezes mais dificil) da para te amares a ti propria, alias acho que tens que te amar quando escreves coisas tao sinceras e com essa frontalidade, sem medos. eu começo sempre por ai, por amar-me a mim pp todos os dias e acima de tudo.

Miss B-Beautiful disse...

O verdadeiro amor chegará quando menos estiveres à espera! Falo por experiência! ;)

Felicidades*

Polegarzinha disse...

Eu acho que estou nesta situação, e já passei por ela, não consigo dizer "amo-te" a ninguém mesmo sabendo que o sinto, deixei de acreditar no amor e no para sempre, porque nada dura para sempre, vai morrendo, e amor? para mim acho que já não faz muito sentido essa palavra, mas quem sabe um dia venha a acreditar de novo nela :) beijinhos gosto do blog :D