quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

ah e tal, pois claro, nós é que somos a geração rasca. estamos é muito bem informados e não fazemos [vá, muitas] asneiras.

Estou a ler um livro em que a história se passa no tempo do D. Afonso Henriques. Pessoas, se dizem que agora os jovens são uns libertinos, que sabem tudo sobre tudo muito novinhos, deviam ter vivido naquela altura. Credo! Aquilo era com primos, irmãos, sobrinhos, tios e depois tinham filhos dos incestos. Era uma rambóia, era o que era. Portanto, não se queixem dos meninos de 11 anos já falarem em sexo e varões [verdade, verdadinha] e lap dances [siiim, leram bem]. Enquanto for só isso, é muito bom.

4 comentários:

mariana fernandes disse...

desde que falem de preservativos também..

Nokas* disse...

Nos romances históricos há sempre muita rambóia :) os vestidos compridos eram só para enganar!

CAROL disse...

Grande ramboiada! Mas desde que se lembrem de usar protecção (ou proteção! ihih) tudo bem.

CoisasDaGaja disse...

Quando li "Duas irmãs e um rei" fiquei escarlate com algumas das coisas que (se sabe) que eles faziam! Um choque. E eu até sou fã de rambóiada! ehehehehe