segunda-feira, 13 de setembro de 2010

Deve haver outro nome para isto mas não me está a ocorrer.

Não sinto necessariamente saudades tuas. Sinto é falta das borboletas na barriga. E da certeza que tu estarias para todo o sempre comigo. Agora é mais do tipo hoje estou aqui mas amanhã se não quiser não estou. Percebes-me? São saudades do que eu era e queria ser contigo. Não são, definitivamente, saudades tuas.



6 comentários:

Diogo disse...

Acho que percebo esse sentimento...

Também já senti/ainda sinto algo do género

Miss B-Beautiful disse...

Já é o princípio de algo bom! :)

Nitinha disse...

Percebo-te, é algo difícil de explicar, já estive no teu lugar.

Sérgio Sousa disse...

so' digo uma coisa :D

um dia vai ser tudo tao mais facil (:

Girl in Motion disse...

sim, compreendo. na maioria das vezes a saudade é assim, temos saudades de nós, e não dos outros, se formos bem a ver.

beijinho!

LA disse...

é exactamente aquilo que eu sinto, neste momento.