domingo, 11 de julho de 2010

brain storm.

Escrevo os nomes mentalmente na minha cabeça. As datas. Os momentos. Chega tudo ao mesmo tempo: fotos atropelam beijos que atropelam sorrisos que atropelam abraços que atropelam lágrimas que atropelam banhos de mar que atropelam as peles douradas que atropelam os sentimentos. Está tudo misturado e eu não consigo decidir o que quero ou para onde vou. Nunca consegui. Vou ser sempre uma miúda à espera que as coisas aconteçam quando sei que sou eu que tenho de procurar e encontrar as (minhas) respostas. Mas estou cansada e faltam-me abraços onde descansar.

3 comentários:

Girl in Motion disse...

a maioria das vezes também me sinto assim. a verdade é que não somos assim tão fortes que consigamos fazer tudo sozinhas. faltam abraços.

(222 seguidores. devias fazer uma festa ^^)

Lolita disse...

Também me sinto assim, e às vezes sinto-me tão perdida que tenho medo de não encontrar de volta um caminho de certezas. É também os abraços que me faltam. beijinho*

Raspberry disse...

Sabes que quando queremos mesmo encontrar respostas e entramos numa procura desesperada, nunca concluimos nada nao sabes? Deixa-te ir :)