segunda-feira, 29 de março de 2010

E eu fui daquele tamanho?

Hoje numas arrumações cá em casa encontrei a minha primeira roupa e a roupa do meu baptizado e mais os sapatinhos e as meias e os soquetes e as fitinha spara o cabelo e os babygrows e essas coisas todas fofis de quando era bebé. E tive uma vontade enooorme de ter uma baby para lhe vestir aquilo tudo!

Lua, esquece. Não tens pai, nem dinheiro, nem casa nem nada para teres uma criança. So true

:)

7 comentários:

Sophia disse...

Oh que coisa mais riquinha :)

Nokas* disse...

A vontade passa rápido quando pensamos que há tanta coisa para além da roupa. Pede um bebé à tua mana mais velha (lolol)
Quando mudei de casa, não sei o que raio aconteceu a essas minhas roupinhas de quando era bebé. Tenho pena de não as ter guardado, perderam-se algures nas mudanças mas ainda tenho os sapatos e a vela do baptizado aqui. Mas lembro-me de uma vestido com uns moranguinhos que quase que dava para vestir nos meus nenucos =)

Vera disse...

Eu adoro as minhas roupas mas... Os meus filhos nunca irão vestir o babygrow amarelo que eu vesti quando nasci (quero mais cor!), e as minhas filhas nunca irão entrar (a não ser que queiram mesmo!) no monte de folhos e rendas (não sei se ainda posso chamar aquilo vestido) que eu usei na comunhão.

Por outro lado, adoro coisas de bebés. Mas nada de bebés por agora!

Luna disse...

Roupa pequenina é realmente uma delicia :)

Poetic GIRL disse...

Dá vontade não dá? Adoro tocar em roupa de bebé... enfim agora fiquei nostálgica. Vou ali que isto já passa. bjs

O canhoto disse...

LOOL

Se precisares de pai, eu estou disponível! XD ahaha

Só não tenho é dinheiro e casa =P

Acho que vais ser uma grande mãe :)

E. disse...

também tenho algumas minhas guardadas para recordação e é sempre tao fofinho pegar naquilo :)