sábado, 20 de fevereiro de 2010

Broken heart*

Quando um coração se fecha, faz muito mais barulho do que uma porta. Levar com a porta dói muito. Dói sempre, o dia inteiro, a todas as horas e todos os minutos. Dói de manhã, assim que regressamos do abençoado estado de inconsciência em que o sono nos guarda, quando olhamos para o lado e perguntamos "e agora?" Dói quando olhamos para o espelho embaciado onde existem os fantasmas de frases de amor escritas com a ponta dos dedos. Dói quando respiramos, quando falamos, quando ouvimos, quando pensamos... Dói um bocadinho menos quando nos rimos, quando os amigos nos abraçam...
Mas o que mais dói é saber que alguém que ainda amamos nos fechou o coração. O som é igual ao de mil tambores em fúria: não vale a pena falar, não vale a pena escrever, não vale a pena tentar chegar ao outro lado, saltar o muro, enviar emissários, içar bandeiras, fazer cimeiras, apanhar aviões e levar o nosso coração como presente. Ele já não o quer.

 
 
*Quem nunca teve um?

12 comentários:

June disse...

Muito bom texto. E sim, quem nunca teve um ? Quem nunca conheceu todas estas situações ?

Um beijinho *

O canhoto disse...

=(

Luna disse...

Brilhante...
Dói muito sim. E o problema é que por muito que queiramos seguir em frente, o coração é um puto birrento que bate o pé e quer respostas aos seus porquês. Porquê eu? porquê já não dá? Porque não para sempre como me prometeram? Dói...

Sabor Adocicado* disse...

acho que infelizmente a maioria das pessoas passa por isso.

o coração é mesmo teimoso. e manipulador. podemos dizer "chega! acabou! a partir de hoje não penso mais nele!" mas para quê? são promessas veladas. bem... mas gosto de acreditar que "se alguém não nos sai da cabeça é porque é suposto lá estar" seja porque ainda vale a pena, seja porque toda a dor nos está a fortalecer para aguentarmos futuras tempestades e permanecer de pé e de cabeça erguida

Bunyssa* disse...

Oh meu deus...eu não devia ter lido este post às 4.47...agora vou dormir deprimida..E era tudo o que eu não queria!!



Fuck..

Pipoca dos Saltos Altos disse...

Sem palavras...
Não se pode obrigar um coração a sentir o que não sente...
Beijos

Su disse...

Adorei o texto =)
é a pura realidade.. e acho que toda a gente já passou por isso, nem que fosse apenas uma vez, mas acho que acabamos todos por passar um dia e acho que é assim que acabamos por crescer e aprender mais um pouco.
acho que podemos muitas vezes dizer que já chega, que nao vamos sofrer mais, mas nao somos nós que mandamos... o coração é que manda em nós :S

Beijinho Lua *.*

diogo disse...

queremos um novo texto, feliz e contente. boraa que o caminho e em frente.

Laetitia disse...

Muito bom este post...:)

Mysterious Girl disse...

Lindo, mas triste... ainda assim verdadeiro. O que nos resta na maioria das vezes é procurar uma janela, porque a porta, essa já está trancada

Mysterious Girl disse...

Lindo, mas triste... ainda assim verdadeiro. O que nos resta na maioria das vezes é procurar uma janela, porque a porta, essa já está trancada

Sofia disse...

O meu está em pedaços... :( bonito texto*