domingo, 24 de janeiro de 2010

Dos lenços.

Um dia destes andava a passear pelo Facebook [aquilo não serve só para ter Farmville, apesar de parecer!] e descobri que uma das miúdas com quem trabalhei em Barcelona e que tinha cerca de 12 anos, já usa lenço. Fiquei um bocadinho triste porque ela é tão bonita e agora a beleza fica toda escondida atrás daquele tecido todo. Eu sei que são tradições lá de Marrocos e que tem de ser. Uma vez disseram-me que tem a ver com as crenças, delas e da família, que uma miúda de lenço é mais respeitada no seio da comunidade muçulmana. Mas também sei que muitas já estão tão ocidentalizadas, já são tão europeias que deixam o véu para trás mesmo seguindo a religião. Cada um é livre de fazer/vestir o que quiser e eu sempre respeitei isso. Mas metade das pessoas não faz ideia do que está por detrás do véu nem nunca saiu de uma cada-de-banho e não reconheceu a miúda que estava lá só porque tinha o cabelo destapado. E nunca me vou esquecer da I., do sorriso fácil dela, de falar perfeitamente castelhano, catalão, inglês, árabe e francês, de ser super-inteligente, de ter uma paixão mórbida pelo Barcelona e outra ainda maior pelo Messi e de achar que eu já tinha idade para casar e ter filhos. Espero, sinceramente, que muitas portas se abram ao longo da vida dela, porque ela merece, trabalha para isso e vive numa sociedade onde a liberdade de cada um é uma das base fundamentais. Mas fiquei triste pelo lenço, sim. Por ela, e pela irmã daqui a uns aninhos.

5 comentários:

Abelha Charlatona disse...

sao custumes, ela nao fica triste por usar lenço.
quando vivi em Murcia(españa) tbm conheçi muitos marroquinos. como para nõs nos faz 'impressão' alguns custumes deles, para eles tambem é estranho.

Mas eu acho que cada religião tem uma beleza propria :)

abelha***

Lua Escondida* disse...

Siiim, eu também acho e é giro descobrirmos esses costumes! Mas quando essas pessoas são proximas de ti tens uma maneira de ver as coisas diferente! E eu conheci pessoas espectaculares e que me vão marcar para sempre. E muitas usavam lenços! Não estou a dizer mal de quem usa e não me faz impressão nenhuma. Mas é uma miúda, eu sabia que ia acontecer mas pensei que era lá mais para a frente! =)

Sophia disse...

Essas coisas mexem connosco, ainda por cima se a conheceste de uma maneira e agora vês que ela agora mudou e a vida dela com certeza já não vai ser a mesma de certeza. Eu associo sempre o lenço a uma perda de liberdade, posso estar muito errado, mas acho que as raparigas perdem a sua.

Beijinho*

Fénix disse...

Cada cultura tem a sua riqueza...e ainda bem que assim é...
O que mais choca são algumas das atitudes das diferentes culturas, algumas são fortes e não brindam muito aos direitos fundamentais humanos...

Kisses*
Fénix*

Sophie disse...

Eu adoro conhecer novas culturas... E quando fui à Tunísia... Deslumbrei-me...

E cheguei mesmo a comprar uma burka e a respectiva.. sei lá... braceletezinha. Mesmo fofinha.

E disseram-me que tinha olhos de árabe... Por serem grandes, castanhos, e por na altura em pintar-los com lápis castanho por dentro, sabes?

EHeh, coisas da vida
*