quinta-feira, 22 de outubro de 2009

Guerra fria.

Porque estamos a ser orgulhosos e casmurros e não damos o braço a torcer. Porque o silêncio é a arma mais estúpida que já se viu à face da terra e nós continuamos a usá-la. Eu porque não tenho/quero usar outras armas, aquelas que magoam e muito. E tu...não sei, talvez pelas mesmas razões. E eu acho que devíamos estar no mesmo lado das trincheiras a lutarmos juntos e a tentarmos salvar alguma coisa que eventualmente ainda possa existir. Mas não. Eu estou deste lado, calada. E tu desse, mudo. E eu odeio guerras. E odeio silêncios. E odeio os efeitos directos e colaterais disto. E só resta saber quem será o primeiro a levantar a bandeira branca.
[E eu não quero ganhar isto. Só faz sentido ganharmos os dois.]

9 comentários:

Nuvem disse...

Espero, sinceramente que ganhem os dois e que consigam enterrar a bandeira de guerra e erguer a bandeira branca.
beijinhos

Pipoca dos Saltos Altos disse...

:( seria bom ganharem os dois. Boa sorte. beijinho

gimbras.nofuturo.com disse...

Luta. Não sejas orgulhosa. Se alguém ceder, ambos ganham.

Sophia disse...

Isso está mau por esses lados amor :(

ci disse...

é necessário uma luta a dois, pois sozinhos não se vao aguentar. Lutem! :D espero que saiam os dois a ganhar .

Vera disse...

Luta... A Guerra Fria, o Ir ou Não é, para mim, a pior situação... I think!

Ana Sofia Serrano disse...

Olá!
Ás vezes, por mais que custe, é preciso ceder, pelo menos para poder seguir em frente!
Beijinhos

Paulo disse...

Eu sofro com o meu orgulho estúpido, mas a cada respirar está lá ele, de nariz empinado e seguro de si e sim, tão parvo e tão estúpido que só me faz fazer e dizer asneiras...

tenta ser melhor que eu... honest, vai ser melhor para os dois.

(IR)Real disse...

gostei muito, e às vezes acontece-me exactamente o mesmo. e...por muito que custe, tenho que ser eu várias vezes a ceder senão não vai la..