domingo, 27 de setembro de 2009

Dia sim, dia não.

Acho que gosto dele assim.
E porque os dias não têm sido mais que os sim e porque, cada vez mais, tenho a certeza que Ele (e eu), um dia, vai transformar tudo num redondo, enorme e definitivo NÃO. E Ele vai seguir a vida dele e eu a minha e vamos voltar a ser (ou então não) os amigos que eramos antes. Antes dos beijos, dos abraços, dos perfume e dos relógios, dos corações, das histórias, dos cafés, das mensagens de boa noite, das palavras e das músicas.
[E nada acaba. Tudo, apenas, se transforma.]

9 comentários:

Sophia disse...

Quero saber dessas vidas Sara.

(L)

Ana Sofia Serrano disse...

Olá!
Quando fica uma bela amizade é muito bom, apesar de custar muito!
Beijos e melhoras!

Girl's Colection disse...

O blog é fantástico ^^

Frida* disse...

Dos relógios? Ai que lataaaa!!!! :)

gimbras.nofuturo.com disse...

:(

Nokas* disse...

Nunca sabemos o que o futuro nos reserva. Há sempre lugar para surpresas. Mas temos de deixar que os dias sigam o seu rumo, fazem algo para que esse rumo seja o que queremos e depois? Depois logo se verá...

jagga disse...

...Isso melhora gaja... num te preocupes... tu tens positivismo que chegue para melhorar a coisa com tempo e sorriso...

Pedro Vitorino disse...

A vida é assim...nada acaba...tudo se transforma! tens razão...

Lila* disse...

Odeio enganar-me=( Tenho pena:(