domingo, 28 de junho de 2009

Um dia...

...vou acabar a tarde/começar a noite agarrada ao amor da minha vida, numa praia qualquer, a ver o por-do-sol (já não pode ser aqui uma vez que o sol não se põe no mar), acompanhados por uma garrafa de vinho e, no final, escreveremos qualquer coisa pirosa e lamechas na garrafa e vamos atira-la ao mar para imortalizarmos o nosso amor.


E , para o sonho se realizar, só falta o amor da minha vida,
a praia perfeita, começar a gostar de vinho e ser lamechas.
Estou pertinho, não estou?

5 comentários:

Walter Fane disse...

Oi amiga,...
posso ajudar??

;-)


Bjooooooooooos

Emiliaa disse...

Ahhh, sim sim já ouvi falar =D
imagino o sentimento lol. *

gimbras.nofuturo.com disse...

És engraçada, lol.

Curioso, nem me tinha lembrado que a costa de Barcelona como é inversa à nossa não permite ver o pôr-do-sol, mas, pelo menos, dá para ver o nascer.

:D

Lamechas? Ora, somos todos, ouve lá! Basta estar naquele climinha.

P.S.: Não atires a garrafa ao mar que é poluição, coloca-a antes na reciclagem.

Lua Escondida* disse...

WF: O que estás a pensar? O que vier será benvindo!!!

Emilia: É o chamado sentimento nunca-vou-voltar-a-ver-as-crituras-na-vida-e-gosto-muito-delas! LOL

Gimbas: Pois, caso isto aconteça por cá, vai ter que ser "a ver o nacer do sol"...E também pode ser "por a garrafa no ecoponto para imortalizar o nosso amor"...Fica bonito!!=)

gimbras.nofuturo.com disse...

Lol.

:P Olha lá, esqueces-te sempre de uma letra no meu nick. Falta o "r". Daqui a nada, passo a chamar-te "Lua Scondida". :P